Flamengo cogita possibilidade de cobrar financeiramente a CBF pelas três convocações

Na manhã desta sexta-feira (06), na sede da CBF, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, Tite anunciou os convocados para os dois próximos jogos da Seleção Brasileira, diante de Bolívia e Peru, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Com Bruno Henrique, Everton Ribeiro e Gabigol na lista, o Flamengo pensa em cobrar pelos dias em que tiver seus atletas na concentração. A informação foi divulgada inicialmente pelo jornalista PVC, da Globo.

O que dá respaldo a esse pensamento é o artigo 41 da Lei Pelé, em seu parágrafo 1o.: “A entidade convocadora indenizará a cedente dos encargos previstos no contrato de trabalho, pelo período em que durar a convocação do atleta, sem prejuízo de eventuais ajustes celebrados entre este e a entidade convocadora.”

A última vez que o Flamengo teve três ou mais jogadores convocados de uma vez foi em 2017, quando o próprio Tite decidiu convocar o goleiro Muralha, Jorge, Arão e Diego para um amistoso diante da Colômbia, no Estádio Nilton Santos.

FONTE: Coluna do Flamengo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui