Borja protesta contra arbitragem de Junior Barranquilla e Flamengo

O Flamengo estreou na Copa Conmebol Libertadores conquistando três pontos fora de casa, contra o Junior Barranquilla, na Colômbia. O Rubro-Negro venceu por 2 a 1, com dois gols de Everton Ribeiro. Após a partida colombiano Miguel Borja reclamou bastante da arbitragem.

Segundo o atacante colombiano, o juiz errou ao não marcar um toque de mão de João Lucas na jogada que originou o primeiro gol do Rubro-Negro na partida.

– Como que o árbitro não deu o toque de mão? Se nós estamos no ataque e encostamos a mão na bola, eles apitam. Por que resolveu não apitar? -, questionou o camisa 9.

Miguel Borja ainda falou sobre o lance e afirmou que a equipe Junior Barranquilla precisa ficar atento para não sofrer com os erros de arbitragens nas próximas partidas da Libertadores da América.

– O jogador deles tocou com a mão na bola na jogada e depois saiu o gol. Nós precisamos de muita atenção, pois se não ficarmos atentos, os árbitros irão nos prejudicar

FONTE: Coluna do Flamengo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui