Zico compara Flamengo da década de 80 com o atual e enaltece Jorge Jesus

Zico completou 67 anos nesta terça-feira (03) e foi entrevistado pelo canal oficial do Flamengo, no YouTube. Durante a conversa, o eterno camisa 10 da Gávea comparou o Rubro-Negro da década de 80 com o atual, comandado por Jorge Jesus, destacando a intensidade que as duas equipes empregavam em campo.

– A única comparação que eu faço do nosso time (da década de 80) com esse (atual) é a filosofia de jogo e tem muito a ver com o que o treinador transmite. Vamos para ganhar, até o fim, não tem moleza, se está 4 a 0 tem que fazer o quinto gol e, se estiver 5, fazer o sexto… Futebol é isso. Nada de gracinha. Esse era o nosso espírito. Se a gente pudesse fazer 10, faríamos 10. E isso não desrespeita o adversário. Esse time do Flamengo é assim -, disse o Galinho, antes de enaltecer o treinador Jorge Jesus:

– Até a maneira como o Mister faz as substituições é nesse sentido (de jogar para frente). Está ganhando, mas ele quer mais… Ele toma café, almoça, janta e dorme futebol […] Muitas vezes não é nem exagero, é paixão pelo futebol mesmo, ele gosta do que faz -, destacou.

A história de Zico no Flamengo não é novidade: repleta de muitas glórias e conquistas emocionates. O Galinho esteve presente em quatro títulos brasileiros do Rubro-Negro, um Mundial de Clubes, com direito a uma goleada por 3 a 0 sobre o Liverpool, e uma Libertadores, em 1981, a primeira conquistada pelo clube, que voltou a se sagrar campeão do torneio em 2019.

Fonte Coluna do Flamengo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui