Organização e força no ataque: confira o Raio-X do Jr. Barranquilla, adversário do Fla na Liberta

Flamengo e Junior de Barranquilla vão entrar em campo nesta quarta-feira (04), em partida válida pela fase de grupos da Libertadores. O confronto marcará a estreia das duas equipes na competição, e será disputado no Estádio Metropolitano, na Colômbia, às 21h30 (horário de Brasília).

O adversário

O Clube Desportivo Popular Junior Fútbol Clube S.A, também conhecido como Junior Barranquilla, foi fundado em 07 de agosto de 1924 e é o terceiro clube mais antigo da
Colombia. Apelidado de ‘Tiburones’ por causa de seu mascote, um tubarão, o Barranquilla será o primeiro adversário do Flamengo na fase de grupos da Copa Libertadores.

O Barranquilla disputará o primeiro embate em casa, no Estádio Metropolitano, e entrará em campo com o uniforme principal: camisa com listras em vermelho e branco, calção preto e meiões brancos.

Classificação para a Libertadores:

O Junior Barranquilla foi campeão do Torneio Apertura de 2019 e, com o titulo, garantiu a classificação para a Copa Libertadores. Na ocasião, o Junior venceu o Deportivo Pasto, também da Colômbia, nos pênaltis.

Temporada atual:

No Campeonato Colombiano, as atuações do Junior de Barranquilla são irregulares. Em sete jogos disputados, são três vitórias, três empates e uma derrota. No entanto, apesar da oscilação em resultados, vem de atuações positivas.

Destaques da equipe:

Os principais nomes do Barranquilla são dois jogadores de ataque: Miguel Borja (ex-Palmeiras), e Teófilo Gutierrez. A dupla de centroavantes é o ponto forte do time colombiano.

Técnico

Julio Comensaña tem 71 anos, está na nona passagem pelo Junior e é o treinador mais vitorioso da história do time colombiano. Em 2017, Julio já estava à frente do Barranquilla e enfrentou o Flamengo na semifinal da Copa Sul-Americana. Na ocasião, o Rubro-Negro venceu os dois duelos.

Em 2018, Julio conseguiu levar o Junior de Barranquilla até as finais da competição, mas perdeu o título para o Athletico Paranaense.

Ao comando da equipe, Comensaña foi duas vezes campeão da primeira divisão de profissionais da Colômbia, em 2018 e 2019, venceu a Copa Colômbia em 2017 e a Superliga, em 2019.

Pontos fortes e fracos

Os pontos mais fortes do time colombiano são organização e entrosamento. É uma equipe que se defende bem e toma poucos gols.

Apesar da dupla de ataque ser considerada o marco do time de Julio Comensaña, o Barranquilla marca poucos gols. A equipe também sente falta de jogadores referência em cobranças de falta e escanteios.

Títulos:

9 vezes campeão da primeira divisão do futebol profissional (1977, 80, 93, 95, 2004, 2010, 2011, 2018 e 2019).

2 Copas Colômbia (2015 e 2017)

1 Superliga da colombia (2019)

Último duelo contra o Flamengo, em 2017:

Apenas dois jogadores do atual elenco enfrentaram o Mais Querido em 2017: o atacante Teo Gutiérrez e o goleiro Sebastian Vieira

Pelo Flamengo, cinco jogadores de 2017 ainda estão no elenco: Diego Alves, César, Everton Ribeiro, Diego e Willian Arão.

Retrospecto do confronto

Além das duas partidas de 2017, o Flamengo já encarou o Barranquilla outras duas vezes, e venceu todas.

Em 1984, pela fase de grupos da Libertadores, o Rubro-Negro venceu os embates por 3 a 1 e 2 a 1.

Em 2017, com Rueda no comando da Sul-Americana, o Flamengo venceu por 2 a 1, no Maracanã, e por 2 a 0, na Colômbia. Ao todo, o Maior do Mundo tem nove gols a favor e três contra, com 100% de aproveitamento.

Coluna do Fla: Paula Mattos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui