Vitinho desabafa e revela que viveu “coisas não agradáveis” quando chegou ao Flamengo

Em 2018, o Flamengo anunciou a contratação do atacante Vitinho, que pertencia ao CSKA. O jogador chegou ao Mengão por R$ 54 milhões (cotação da época) e veio com o status de ser o substituto ideal de Vinícius Júnior, que havia se transferido para o Real Madrid. Com características parecidas, o atleta que foi revelado pelo Botafogo não conseguiu se firmar nas primeiras partidas com a camisa do Mais Querido.

Em entrevista ao site UOL Esporte, Vitinho assumiu a má fase no início e revelou que a pressão dentro e fora dos gramados o prejudicou para que conseguisse se firmar entre os principais jogadores do elenco flamenguista.

“De certo modo, minha dificuldade foi comigo mesmo, queria fazer tudo de maneira muito rápida. Os resultados não vieram. Se tivessem vindo, teria menos pressão, as coisas fluiriam melhor para mim. Com a minha vontade de corresponder a expectativa, não consegui e isso me atrapalhou -, disse, antes de prosseguir:

+ Arão e Gabigol puxão o mistão do Flamengo

“Depois da temporada eu pude analisar um pouco mais. Me deixei levar e não tive o controle que precisava para colocar as coisas em ordem. Foi um pouco difícil. Vivi coisas no estádio e fora que não são agradáveis, mas isso serve para dar casca. Aprendi muito”, avaliou.

O atacante entrou na segunda etapa da decisão contra o Independiente Del Valle, na última quarta-feira (26), no Maracanã. O jogador, inclusive, vem ganhando espaço com o técnico Jorge Jesus, neste sábado (29), Vitinho deve ser titular diante a Cabofriense, pela Taça Rio, às 18h (horário de Brasília).

Por Fla Hoje

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui