“Nenhum outro clube brasileiro poderia enfrentar o Liverpool como o Flamengo enfrentou”, diz Cafu

A final do Mundial Interclubes de 2019 já é página virada para o Flamengo. Derrotado por 1 a 0 para o Liverpool na ocasião, o Rubro-Negro já voltou à temporada nacional e tem conquistado títulos em 2020. Contudo, o ex-jogador Cafú, ídolo do Milan e da Seleção Brasileira, voltou a falar sobre a partida, destacando o equilíbrio durante o embate.

Em entrevista concedida ao jornal “Estado de São Paulo”, o ex-lateral direito argumentou que a equipe inglesa fez partida abaixo do seu nível normal. Apesar disso, o Fla teve seus méritos por tentar impor seu padrão de jogo e encarar o Liverpool sem se fechar para o jogo.

– Na minha opinião, nunca vi o Liverpool jogar uma partida tão apática quanto aquela contra o Flamengo. E olha que torço pelo Liverpool, acompanho os jogos do time. E acompanhei todos os jogos do Flamengo, principalmente na Libertadores, para ver a maneira como o Flamengo jogava. Sabia que poderia jogar de igual para igual com o Liverpool, pelo jeito que vinha jogando. Acho que era o único time brasileiro que poderia enfrentar o Liverpool da maneira como enfrentou. Mas nunca vi um Liverpool tão apático -, disse ele, antes de prosseguir:

– Nunca vi o Mané errar um gol que errou, os gols que o Firmino perdeu. E o Flamengo teve chance de empatar e, quem sabe, poderia até ganhar numa disputa de pênalti. De qualquer jeito, o Flamengo está de parabéns por tudo o que fez. Realmente foi para cima do Liverpool, jogou de igual para igual sim.

Atualmente, o Liverpool está na fase de oitavas de final da Uefa Champions Legue e é líder absoluto do Campeonato Inglês. Na competição nacional, os Reds têm 22 pontos de vantagem em relação ao Manchester City, segundo colocado, com 27 rodadas disputadas. Enquanto isso, o Fla conquistou a Recopa Sul-Americana e a Supercopa do Brasil, além da Taça Guanabara. Agora, o próximo título a ser disputado pelo Mais Querido será a Taça Rio e o geral do Carioca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui