Após “fogueira” contra o Del Valle, Thiago Maia se prepara para desafio na Libertadores

A expulsão de Arão ainda no primeiro tempo do jogo contra o Independiente del Valle, quarta-feira, no Maracanã, fez Thiago Maia entrar na “fogueira”. Até entrar no ritmo da partida, errou alguns lances, mas depois se ambientou, melhorou e contribuiu para a vitória por 3 a 0, que deu ao Flamengo o título da Recopa. E ele deve ter uma nova chance importante.

Depois dos 65 minutos jogados contra o Del Valle, Thiago Maia é o favorito para começar o duelo com o Junior Barranquilla, na próxima quarta-feira, na Colômbia, na estreia do Flamengo na Libertadores 2020. Suspenso, Arão está fora.

– No primeiro tempo eu estava meio assim… entrar em uma fogueira é complicado. Mas fiquei feliz, porque jogo com companheiros que me ajudam. O Rafinha me ajudou muito. O Gustavo, Léo Pereira, Filipe Luís e Gerson também. O Arão foi expulso, mas isso acontece. O título foi para ele, é um cara gente fina.

As oportunidades demoraram um pouco, mas começam a aparecer para Thiago Maia, que fará uma dupla de canhotos na proteção da defesa ao lado de Gerson. Ele disse que estar preparado.

– As coisas estão se encaminhado bem desde que cheguei. Para jogar no Flamengo tem que estar preparado para tudo – afirmou.

Thiago Maia e Gerson foram os volantes depois da expulsão de Arão — Foto: André Durão/GloboEsporte.com

Antes de viajar para a Colômbia, o Flamengo enfrenta o Cabofriense neste sábado, às 18h, na primeira rodada da Taça Rio.

GloboEsporte: Fred Huber

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui