O homem da final: confira números e detalhes estatísticos de Gabigol na decisão da Recopa Sul-Americana

O atacante Gabriel Barbosa iniciou a temporada de 2020 da mesma forma que encerrou o último ano: em alto nível. Em seis partidas disputadas, o camisa 9 já marcou seis gols, porém, as atuações vão além de ‘apenas’ balançar as redes. Contra o Independiente Del Valle, na final da Recopa, Gabriel deixou sua marca e participou diretamente dos outros gols no triunfo por 3 a 0, sendo considerado o melhor em campo.

Vale destacar que o atacante não teve o ‘cenário ideal’ para brilhar na partida. Isso porque, com a expulsão de Willian Arão, aos 25 minutos do primeiro tempo, Pedro foi substituído. Com isso, Gabigol perdeu seu companheiro de ataque e passou a atuar de forma mais isolada na frente. Contudo, isso não foi capaz de apagar o brilho do craque.

De acordo com estatísticas do portal Sofascore, o artilheiro rubro-negro teve 33 toques na bola e acertou quase todos os dribles que tentou: foram três bem sucedido, em quatro tentativas. O aproveitamento também foi alto em finalizações: em cinco arremates, três foram na meta, um foi bloqueado e apenas um se perdeu pela linha de fundo.


>> Rafinha revela não estar 100% recuperado de lesão na coxa: “Agora é o momento para me cuidar” <<


CONFIRA MAIS NÚMEROS DE GABRIEL:

Minutos jogados: 90
Gols: 1
Assistências: 0
Passes decisivos: 2
Toques na bola: 33
Passes certos: 11
Faltas cometidas: 4
Faltas sofridas: 1
Impedimentos: 2
Duelos ganhos: 4


MAPA DE CALOR:

Contra o Del Valle, Gabigol aparece transitando por toda a faixa ofensiva. (Foto: Sofascore)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui