Treinador do Junior Barranquilla diz querer vencer o Flamengo, mas faz ressalva: “Clube mais europeu da América do Sul”

Tendo se reforçado para a temporada de 2020, trazendo nomes como Borja, o Junior Barranquilla quer surpreender o Rubro-Negro. A estreia dos clubes no torneio será no início de março, em duelo que ocorre na Colômbia. Dessa forma, em entrevista ao programa ”NEXO”, da ”ESPN”, o treinador Julio Comesaña projetou o duelo e deixou claro a vontade de querer surpreender o clube carioca.

Porém, o comandante está ciente do oponente que terá pela frente. Isso porque o Flamengo possui um dos elencos mais qualificados da América do Sul, alcançado um patamar europeu, de acordo com o técnico.

“Meu desejo é vencer o jogo, vencer o Flamengo. Mas isso não me levará a cometer erros e dizer que somos melhores que o Flamengo. O Flamengo teve mudanças em sua instituição, aponta para ser o clube mais europeu da América do Sul. Não posso dizer que não podemos vencê-lo, mas não vou sair e dizer que vão ao estádio e que vamos vencê-lo. Nosso time é novo, vamos esquecer o time do ano passado, os jogadores fundamentais saíram, ficaram bons. Diaz, Cantillo, González, jogadores que deixaram o clube para a crescer e ter sucesso, substituí-los não é da noite para o dia”, declarou.

Para mais notícias do Flamengo, clique ​aqui.

A intenção em bater a equipe de Jorge Jesus também é vontade de Fuad Char, acionista majoritário do Junior Barranquilla.

Exigimos que o técnico e os jogadores ganhem do Flamengo. Essa equipe de 2020 é a mais cara que tivemos em toda a nossa história. Chegando às quartas de final da Copa Libertadores e vencendo um campeonato, temos os custos, essa é a esperança. É isso que estamos tocando, enquanto as pessoas nos acompanham”, declarou na apresentação dos novos reforços.

Por: Torcedores.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui