Sem Gabigol, Bruno Henrique vira ‘referência’ no ataque; relembre última vez que isso aconteceu

O Flamengo se prepara para encarar o Independiente Del Valle, do Equador, nesta quarta-feira (19), pelo primeiro jogo da final da Recopa Sul-Americana. O duelo está marcado para as 22h30 (horário de Brasília), no Estádio Olímpico Atahualpa. O treinador Jorge Jesus não poderá contar com Gabriel Barbosa, mas ainda não revelou o substituto. Pedro e Bruno Henrique aparecem como opções.

A substituição por Pedro seria mais simples, pois não mexeria na estrutura tática da equipe. Porém, em 2019, Jorge Jesus optava, sempre que estava sem Gabigol, por colocar Bruno Henrique mais adiantado, como referência do ataque. Essa estratégia traz boas lembranças à torcida rubro-negra.

A última vez que isso aconteceu foi no dia 27 de novembro de 2019, contra o Ceará. A partida terminou 4 a 1 para o Flamengo, e Bruno Henrique marcou três gols. Naquela ocasião, o atacante atuou como centroavante, pois Gabriel Barbosa estava suspenso por ter recebido três amarelos. O jogo aconteceu quatro dias depois do título da Libertadores e marcou também a entrega da taça do Campeonato Brasileiro ao Fla.

Dessa vez, Gabriel Barbosa cumpre suspensão por ter sido expulso contra o River Plate, da Argentina, na finalíssima da Libertadores da América de 2019. Pedro tem grandes chances de entrar como titular, mas Bruno Henrique tem a confiança plena de Jorge Jesus. Gabigol, por sua vez, estará à disposição do treinador no segundo e decisivo confronto da final da Recopa Sul-Americana, que acontece no dia 26 (quarta-feira), às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã.

Siga o Flamengoinfo também no Instagram

Para mais notícias do Flamengo, clique ​aqui.

Fonte: Colunadofla

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui