Jesus realça relevância da Supercopa: ‘É um troféu que na Europa valorizamos muito’

Jesus realça relevância da Supercopa
O técnico Jorge Jesus no treino do Flamengo - Alexandre Vidal / Flamengo

O técnico Jorge Jesus concedeu entrevista coletiva neste sábado, um dia antes da Supercopa do Brasil. Um dos temas abordados foi o gramado do Mané Garrincha, pisado e conhecido mais a fundo pouco depois da conversa com jornalistas.

– Ainda não vi o gramado. Mas a CBF tendo colocado um empenho grande nesta competição, se não tiver o gramado em condições, o que é o mais importante, perderia um pouco do valor. Mas não sei se está em condições. Parece que está bom.

O Flamengo está a menos de 24 horas de levantar a primeira taça da temporada. Trata-se da Supercopa do Brasil, cuja disputa em jogo único se dará contra o Athletico-PR, a partir das 11h deste domingo, no Estádio Mané Garrincha. E, já no palco do confronto, Jorge Jesus concedeu entrevista coletiva.

O evento, oficial da CBF, também contou com Dorival Júnior, técnico do Athletico. Citando o rival, o comandante português acredita que os brasileiros vão passar a valorizar mais o jogo que deixa o campeão do Brasileiro e da Copa do Brasil da temporada passada frente a frente.


Escolha dos editores

– Estamos evoluindo, vamos para o quarto jogo. A cada um, damos um passo à frente. Neste domingo vamos estar melhores do que contra o Flu. Nós preparamos para evoluir dia a dia. Com muito prazer que estamos aqui. Vamos disputar um troféu importante entre os vencedores. É um troféu que na Europa valorizamos muito. Todos os brasileiros vão valorizar também – disse, completando a respeito do que esperar de Dorival e companhia:

– Cada técnico tem sua ideia. Dorival tem a dele. Nada é igual. Portanto, pelo que tenho analisado, ele vê de uma maneira diferente do que era o Athletico. Dorival já mostrou o valor dele, vamos encontrar um adversário organizado.

Confira outros trechos da entrevista coletiva de Jorge Jesus:

HORÁRIO DO JOGO
– O horário, por causa da temperatura, atrapalha a intensidade do jogo. Os dois times vão ter dificuldades. Mas está marcado para 11h. Não sabemos bem o motivo. Mas vamos jogar e temos a responsabilidade de proporcionar um bom espetáculo.

VOLTA DE RODRIGO CAIO
– Nossa preocupação defensiva é uma prioridade. Nós temos dois zagueiros diferentes do ano passado. Rodrigo Caio vai entrar e vai jogar, se não acontecer nada diferente. Está em condições. Trabalha há oito meses comigo

DEIXE UM COMENTÁRIO