Disputa aberta no meio é exceção em Flamengo com base de 2019

Disputa aberta no meio é exceção em Flamengo com base de 2019
Diego e Gerson acompanham a jogada de Gabigol no treino do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O time principal do Flamengo vai para seu terceiro jogo apenas este ano. Nesta quarta-feira, a equipe faz o clássico com o Fluminense, no Maracanã, pela semifinal da Taça Guanabara. Com a base campeã de 2019 mantida, são poucas as disputas abertas na equipe. A principal delas neste início é entre Diego e Gerson. Cada um foi titular em um jogo.

Na vitória por 3 a 1 sobre o Resende, Jorge Jesus optou por iniciar com Diego e colocou Gerson no banco. O camisa 10 não teve uma atuação de destaque e foi substituído por Michael aos 12 minutos do segundo tempo. Gerson foi lançado aos 30 da segunda etapa na vaga de Everton Ribeiro e teve uma boa participação.

Jesus afirmou na entrevista após o jogo que decidiu colocar Diego como uma forma de premiá-lo pela importância que teve na reta final de 2019. Já no 2 a 0 em cima do Madureira, Gerson foi o titular e o camisa 10 entrou em seu lugar aos 30 do segundo tempo. Ele participou do lance do segundo gol do Flamengo, marcado por Pedro nos acréscimos.

Diego foi titular e capitão contra o Resende — Foto: André Durão

Ao todo, Diego atuou por 72 minutos nestas duas partidas. Gerson, 92. A diferença entre os dois é evidente: um conduz mais a bola, cadencia o jogo e chega mais na área. O outro dá dinamismo, toques rápido, tabelas curtas, mas tem menor participação na faixa decisiva do campo.

Com um quarteto ofensivo poderoso, Gérson surge como favorito pela importância na dinâmica e saída de bola, mas Jorge Jesus já deu mostras de que o ano de 2020 será de variações táticas e de peças em um Flamengo com elenco bem mais encorpado.

A outra disputa mais acirrada promete ser para saber quem vai ser o companheiro de zaga de Rodrigo Caio, que, recuperado de um corte no joelho, ficará à disposição para enfrentar o Athletico-PR, domingo, na Supercopa do Brasil. Gustavo Henrique e Léo Pereira são os concorrentes.

Publicado em Globo Esporte por Felipe Schmidt e Fred Huber

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui