Jorge Jesus questiona horário da Supercopa do Brasil: “Não sei porque às 11h, gostaria de saber”

Jorge Jesus
FOTO: DIVULGAÇÃO

O Flamengo tem foco voltado para a disputa da Supercopa do Brasil, que acontece no próximo dia 16 (em um domingo), contra o Athletico-PR, e tem utilizado o Estadual como complemento aos treinos para a decisão. Durante a cerimônia de apresentação do torneio, na última terça-feira (04), o técnico Jorge Jesus não deixou de questionar o horário marcado para o duelo.

–  É a primeira vez que essa Supercopa vai ter organização no Brasil. Na Europa, valorizamos muito essa competição. É sempre o primeiro troféu que as equipes disputam. É uma competição muito bonita entre os campeões. Só não sei porque às 11h, gostaria de saber -, questionou o Mister, antes de Diego Ribas, também presente no evento, destacar o desafio em disputar o jogo neste horário:

– Realmente dificulta. Vamos iniciar o segundo tempo às 12h. A temperatura deve estar alta. Mas jamais será desculpa. Já estamos treinando no calor. Temos condições de superar e isso que vamos tentar fazer -, disse Diego.

Manoel Flores, diretor de competições da CBF, explicou a escolha do horário, que não é utilizado durante o verão. Geralmente jogos às 11h são disputados no inverno, no Brasileirão, ainda que de maneira bem reduzida em relação aos demais horários.

– (O horário) Nos agrada do ponto de vista de público. Envolve aspectos técnicos, comerciais e televisivos. Em relação à temperatura, será feito o mesmo procedimento padrão de todo Brasileirão, com medição e parada médica, se for necessário -, explicou o diretor da CBF.

A Supercopa do Brasil coloca frente a frente os campeões brasileiro (Flamengo) e da Copa do Brasil (Athletico-PR) da última temporada. O vencedor embolsará R$ 5 milhões, enquanto o segundo colocado receberá R$ 2 milhões. A decisão acontece em final única, no Mané Garrincha, em Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui