Flamengo irá construir capela em homenagem às vítimas da tragédia

Prestes a completar um ano no próximo dia 8 de fevereiro, o incêndio no Ninho do Urubu é considerado a maior tragédia na história do clube. Na noite deste sábado (01), dirigentes rubro-negros se pronunciaram através da FlaTV para falar sobre o incidente que atingiu os alojamentos do Centro de Treinamento.

O presidente rubro-negro, Rodolfo Landim, falou que tem como objetivo construir um memorial em homenagem aos jovens que foram vítimas desse acidente: “O que existe aqui é o projeto de construir, a exemplo do que existe na Gávea, uma capela para São Judas Tadeu e dentro dessa capela um espaço específico para homenagear os meninos que sofreram esse acidente“, disse.

Entre as vítimas fatais estavam: Athila Paixão, Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas,
Bernardo Pisetta, Gedson Santos, Pablo Henrique da Silva Matos, todos com 14 anos, além de Christian Esmério, Jorge Eduardo Santos, Samuel Thomas Rosa, e Vitor Isaías, com 15 anos cada e Rykelmo de Souza Vianna, de 16 anos. Os sobreviventes foram: Cauan Emanuel Gomes Nunes, de 14 anos, Francisco Diogo Bento Alves e Jhonatan Cruz Ventura, de 15 anos.

E MAIS

Por Coluna do Flamengo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui