Quais jovens do Flamengo podem ser aproveitados por JJ?

O treinador rubro-negro observou atentamente os jogadores que abriram as quatro rodadas do estadual

Apesar da despedida com derrota por 1 a 0 para o Fluminense, a equipe de jovens do Flamengo, treinada por Maurício Souza nas quatro primeiras rodadas do Campeonato Carioca, deixou um saldo positivo: duas vitórias, um empate e o já citado revés – em que pese o jogo equilibrado contra o rival mais experiente.

Os atletas da base, em sua maioria na casa dos 20 anos, tiveram uma oportunidade de mostrar ao técnico Jorge Jesus, que acompanhou os últimos jogos dentro do Maracanã, qual deles poderia ganhar uma chance no estelar time principal – que já se apresentou para os treinos e agora trabalha para voltar aos campos.

Quem ganha chance no time principal?

De acordo com Jorge Jesus, o seu plano inicial era de puxar três jovens revelações do Ninho do Urubu. Lázaro, um dos destaques da seleção brasileira na conquista do Mundial sub-17, é um deles e sequer trabalhou com o elenco sob a responsabilidade de Maurício Souza.

Quem aparece como provável opção é Matheus França. O jogador, além de ter feito bons jogos, também pode se aproveitar da falta de outros laterais que jogam pela direita: Rodinei foi emprestado para o Internacional e hoje a única opção é Rafinha, de 34 anos. João Lucas, também lateral-direito, corre por fora nesta disputa.

Assim sendo, na teoria uma das três vagas ficaria sobrando. Se buscarmos o histórico de declarações feitas por Jesus no Flamengo, é possível imaginar que o volante Vinícius Souza possa ser este jogador. Afinal de contas, o atleta já recebeu elogios de JJ.

“Agora são mais importantes para mim Arão, Piris e o menino Vinícius que mandei subir do sub-20. Penso que com o tempo vai ser um jogador acima do que é normal”, afirmou Jorge Jesus em setembro de 2019.

Outros destaques

Mas como o “expressinho rubro-negro” fez um papel digno, evidente que outros jovens também ganharam destaque nos jogos. Dentre os que tiveram mais tempo em campo, deixaram boas impressões: Rafael Santos (zagueiro), Hugo Moura (volante), Bill (atacante) e Yuri (atacante).

Os demais

Ramón (lateral-esquerdo), Lucas Silva (atacante) e Rodrigo Muniz (atacante) tiveram momentos de destaques e de dificuldades. Quem decepcionou foi: Pepê (meio-campista), João Lucas (lateral-direito), Vitor Gabriel (atacante), Luiz Henrique (meia), Richard Rios (meia), Matheus Dantas (zagueiro) e Lucas Silva (atacante) decepcionaram.

Por Redação Goal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui