Comentarista contesta ida de Michael para o Flamengo: “Não ficou legal para o futebol brasileiro”

O Flamengo acertou a contratação do atacante Michael e desembolsará cerca de 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 34 milhões) para contar com o atleta, depois de complicada negociação com o Goiás. Para o comentarista Marco Antônio Rodrigues, o Bodão, do SporTV, a ida do jogador para o Rubro-Negro poderá não ser boa para o futebol brasileiro.

– Acho que não ficou legal para o futebol brasileiro esse monopólio do Flamengo. É claro que o clube não tem nada a ver com isso, vai lá, compra e está no seu papel. Mas se repartir os talentos, o campeonato fica melhor, os jogos ficam melhores -, disse Bodão, durante exibição do programa “Bem, Amigos!” desta segunda-feira (13).

 (A venda de Michael ao Flamengo) não ficou legal para o futebol brasileiro. Acho que ele vai ser banco lá. Em outro time poderia brilhar mais e, para o campeonato, seria mais legal -, finalizou.

Michael desembarcou na tarde da última segunda (13) no Rio de Janeiro para assinar contrato com o Flamengo. Revelação do Brasileirão 2019, o atacante recebeu o carinho dos torcedores presentes no aeroporto Santos Dumont e, apesar de ter sido sucinto, destacou estar animado para o novo desafio em sua carreira.

– Não posso falar ainda. Mas estou muito animado! -, disse o atacante rapidamente à imprensa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui